demo-attachment-2391-Path-4
demo-attachment-2391-Path-4

Eventos
Camaleão

Com o intuito de progressão, pretendemos que os nossos eventos possam ter um impacto local, na capital e fora da mesma, com uma abordagem para todo o tipo de pessoas e para todo o tipo de faixas etárias.
O importante é trazer música às pessoas, criar plataformas de partilha, de divulgação, de educação de público, onde quebramos a 4ª parede que divide o público do artista.

LIVE SESSIONS CAMALEÃO (Agora ainda mais live)

As Camaleão Live sessions nascem com o intuito de haver uma plataforma online de consulta da música que se faz em Portugal, imparcial em relação ao nível de popularidade dos projetos ou “género musical” , abrindo espaço à sua exposição de forma realmente adequada. Todavia, questões como técnica, maturidade e originalidade do projeto (entre outras coisas) são critérios de seleção dos quais não prescindimos.

Para além da plataforma de consulta online, as Live sessions acontecem ao vivo, com entradas muito reduzidas, proporcionando um evento intimista, onde se quebre a 4ª parede entre o público e os artistas, estimulando a aproximação entre ambos.

Importante salientar que a “música que se faz em Portugal” não tem de ser obrigatoriamente portuguesa ou feita exclusivamente por portugueses, pois isso significaria excluirmos toda uma influência e presença multicultural que já nos representam, também, irreversivelmente.

Festival Liv(r)e
Online

O Festival Liv(r)e surgiu num Abril de águas paradas, para que a Liberdade continue a cantar. Foi também uma forma de celebrarmos o primeiro aniversário do Camaleão, com os primeiros passos da editora, mostrando alguns dos artistas associados ao Camaleão. Foi um evento online, que contou com atuações de: Pedro Mestre, Mariana Root, João Berhan, Adélia, Vasco Ribeiro, Quiné Teles, Tiago Sami Pereira, Edgar Valente, Galandum Galundaina, João Francisco, Tiago Jesus e Clã. Uma iniciativa Camaleão em co-produção com a Música Portuguesa a gostar dela própria; Parceira da Rádio 23 Milhas, Câmara Municipal de Ílhavo; Apoio do Festival Bons Sons e Música Portuguesa A Gostar Dela Própria.

Local: Online (Live Streaming)

Chama
Matiné

As Chamas matiné aconteciam, regularmente, no RA100 , em Lisboa.

Tratava-se de um pequeno evento, informal e íntimo, com concertos ao vivo e serviço de jantar, saudável e de acessível valor . Então, num ambiente descontraído, em luz baixa, era possível a alimentação, ao som de música e do melhor convívio, em horários que não eram tardios, sendo uma matiné para qualquer faixa etária, onde para além de jovens, muitas famílias se juntaram a este espaço de partilha musical.

Contámos com a presença de alguns artistas encantadores, entre os quais: Tiago Jesus, Gabriel Pepe, Javisol, Orfélia, JhonDouglas e Dewis Caldas, Vasco Ribeiro e Os Clandestinos, Coro dos Anjos, Edgar Valente, entre outros.

Chama #1

Vasco Ribeiro, Gabriel Pepe e Tiago Jesus

Chama #2

Vasco Ribeiro & Os Clandestinos e Javisol

Chama #3

O coro dos Anjos e Edgar Valente

Chama #4

Orfélia e JhonDouglas & Dewis Caldas

Chama #5

Jam Session

Inauguração

Mais de 300 pessoas juntaram-se a nós no Teatro do Bairro, a 27 de abril, para festejar a tão aguardada inauguração do Camaleão.

O palco ficou por conta dos The Plexus, Os Compotas, Mazarin e Loosense – que tanto estimamos -, e a energia, essa, ficou por conta de quem nos acompanha e preenche o coração de orgulho, com o seu amor, talento e alegria. 

Nos dias antecedentes, invádimos a Jam dos Anjos 70 com uma banca Camaleaónica e acompanhados de alguns músicos da casa para deixarmos o nosso marco. Mais uma vez, tivemos o privilégio de ter a casa cheia de amigos deste projeto.

Local: Anjos 70 e Teatro do Bairro, Lisboa